segunda-feira, 11 de outubro de 2021

🖤NOTA DE PESAR🖤 (in memoriam): DONA BETH, DA FÍSICA QUÂNTICA AO JONGO.

 🖤NOTA DE PESAR🖤

(in memoriam)


É com tristeza e saudades, que, mesmo com atraso, noticio o falecimento da Sra.  Maria Elisabeth Brum Gonçalves Gomes, a nossa Dona Beth, da Fazenda dos Coqueiros, em Bananal-SP. Se deu 07/05/21.

Estivemos lá em 2019.

Beth Brum

Fica a memória do respeito e amor dela pelo legado familiar e histórico, que vivenciamos pessoalmente; inclusive eu de forma especial, onde trocamos informações por meses, da cultura e também sobre alguns fatos energéticos e fenômenos do local. Era estudiosa de física do quantum , filosofia e gostava de prosear.

Também partilhei um pouco o assunto dos vissungos, cânticos entoados durante o trabalho da roça e as vezes, na ritualidade, pelos pretos brasileiros, principalmente de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Ela ficou empolgada quando enviei.

Clique aqui e acesse nossa Expedição Bananal, em 2019

Agora a querida Tatiana , a filha,vai continuar a tocha acesa do turismo...em breve, revisitaremos essa lugar acolhedor e cheio de lembranças.

Conheça aqui um vissungos típico da africanidade brasileira

Ao contrário do foco comum nas outras fazendas e espaços museológicos , que é a narrativa de saraus românticos, barões cruéis e figuras da sociedade imperial, ela sempre tentou incutir e mostrar a riqueza musical, rítmica , religiosa e culinária dos pretos

Tatiana(preto)agora continua a chama acesa


Era viúva do também incentivador cultural da fazenda e região, Antonio Augusto Ferreira Gomes, e deixa os filhos Renato e Gustavo.

Agora ela dança finalmente o jongo com  os trabalhadores escravizados, que ela libertou do anonimato...pela divulgação .


sábado, 9 de outubro de 2021

🔴ALERTA CULTURAL 005/21:A INFÂMIA ATACA NOVAMENTE O PATRIMÔNIO CULTURAL

Atentado contra o patrimônio cultural

Como eu havia alertado em 26/06/21, sobre estranhas obras no imóvel da Rua da Conceição, principalmente no telhado, agora, quase 3 meses depois, comprovou-se mais uma vez que o crime contra a legislação (Decreto Municipal ) pode ser cometido livremente.

O que era janela virou porta, deturpando a fachada de um prédio congelado.


🔶Através da Setorial de Patrimônio Histórico Imaterial e Material, do Conselho Municipal de Políticas Culturais, aprovamos em 07/10/21 o Requerimento 001/21ReqSPHMI/CMPC, na Reunião Ordinária, daquele órgão voluntário e popular, mas com poder previsto em lei.

É obrigação legal e moral
 o secretário municipal ,
que exerce cargo de fé pública,
responder e tomar ações fiscalizatorias.

🔴Modificação: janelas viraram portas
sem lógica alguma,
pois é uma ladeira
e o sobressalto é enorme até a calçada.


🔶Será que a Secretaria de Urbanismo vai se omitir criminosamente , como fez no imóvel derrubado esse ano, na mesma rua, a 50m dessa Secretaria e virou estacionamento??

🔶 Será que você, que lê, vai ser  um mero macaco brasileiro(🙈🙉🙊), ou vai ser cidadão e mandar um e-mail ou ligar para a Secretaria e cobrar??

Há poucos meses...


🔵Aí você , que não tem obviamente obrigação de saber do assunto pergunta:mas por que mudar de janela pra porta ou derrubar algumas paredes internas é tão grave?

Resposta: um imóvel histórico é tombado (protegido legalmente) ou decretado localmente, porque representa uma época, uma memória cultural, os costumes e vivências...se o infrator modifica os cômodos ou os vãos (portas e janelas),  também se perde a forma de relações sociais de um povo restrito a um tempo, porque a casa e a divisão arquitetônica dos cômodos faz parte também da forma que o cotidiano, comportamentos e interações ocorriam entre as pessoas daquela sociedade humana...

Carlos Eduardo

Prof. Lic. Hs.

05/10/21

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

CAUSOS DO MEU POVO ANCESTRAL: INTICOU?FOI INTICADO!


Eram idos dos anos 1950/60...e meu pai, Seu Dito da Câmara (Nilton Ramos da Silva) jurava pela tataravó dele mortinha, que foi verdade.

Imaculada Concei(p)ção , padroeira de Angra


Zelio Nascimento, alcunha carinhosa de  Seu Zelio Alfaiate, avô do nosso querido Zelinho ( Zelio Nascimento Frederico Neto), do Cerimonial da Prefeitura e de blocos de micareta eletrônica e meu avô, Seu Ramos do Porto (Benedito Ramos), pioneiro em manobrar guindastes no porto..eram muito amigos. Conviviam na lida diária da então pequena e bucólica Angra dos Reis.

Túnel da ferrovia EFOM
(Estrada de  Ferro Oeste de Minas).
Desenho livre de Gil Fonseca, arquiteto.
Setembro 2021


Os dois foram caçar em dia de feriado santo , nas montanhas da Serra D'água...

Minha avó avisou...ainda mais que meu avô era da Irmandade de São Benedito.

Meu avô Ramos , minha avó aviso Zezé
e minha prima Márcia


Aí  os dois... lá pelas tantas...avistaram um barulho grande nas touceiras da floresta escura...

 _ É paca , Ramo!

 _ Será ?Zelinho pode ser até onça...

E os dois foram cada um pra um lado, se esgueirando naquela mata fechada, pra cercar o bicho.

Aí meu avô viu o vulto daquele bichão e atirou de trabuco e foi certeiro.

Zelinho Alfaiate gritou:

__Matoooou, Ramo...matou.

Meu avô feliz, foi tentando chegar rápido, atrupicando no cipó imbé, caindo pelo barranco e tropeçando no cipópeva... já pensando em fazer aquele cozido ou churrasco...

Sr. Zelio Nascimento, Seu Zelio Alfaiate


Quando chegou lá...a cena:

O Zelinho tinha sido alvejado nos quartos do decúbitu dorsá da traseira das nadiga de traizi.

Locomotiva no porto de Angra dos Reis.


Meu avô pega o amigo nos ombros, sobe pelo Caminho do Caramujo, estrada colonial do século XVIII... até a Estação ferroviária Alto da Serra e consegue embarcar num dos vagões da locomotiva, até a Santa Casa...onde o amigo se recuperou , mas quase desmaiando de remorso, chega em casa intiriçado ... pálido da brancura da espuma do mar ...e ainda ouve o sermão da minha avó Zezé, com seu véu preto, insígnias da Irmandade, vestido preto e  recém chegada da procissão de Nsa. Sra. da Imaculada Conceição:

_ Tá vendo, avisei: inticou? Foi inticado!

Diz a lenda que nunca mais caçaram em dia santo...



Obs: No linguajar típico, o verbo inticar significa: instigar, abusar, atiçar.

quarta-feira, 22 de setembro de 2021

🖤 NOTA DE PESAR 🖤: FALECE O Sr. JOÃO DO CAVAQUINHO, DE PARATY.

 🖤 NOTA DE PESAR 🖤

Faleceu hoje, aos 90 anos, o mestre de Ciranda e também de Folia de Santos Reis, o Sr. João Bento da Costa, Seu João do Cavaquinho, do bairro Ilha das Cobras, de Paraty.


Clique aqui e veja talvez o último registro do Mestre João Bento

Entre tantas perdas desde 2020, essa é mais uma pessoa de riqueza cultural e vivencial que deixa um tijolinho faltando no castelo da Cultura Caiçara fluminense.

Clique aqui e ouça a alegria da música caiçara fluminense!

Tocador de cavaquinho , cantador e folião , foi um dos fundadores do grupo 7 Unidos.



Fundado em 1970 por Sr. Benedito Ricardo de Jesus (Sr. Ditinho) e Sr. Benedito Bento (Sr. Dito do Pandeiro), em uma conversa entre os dois cunhados, surgiu a idéia da formação de um grupo de músicas folclóricas de Paraty. A escolha do nome do grupo, Sete Unidos, se deve ao fato de todos serem parentes e terem aprendido com seus pais a tocar os instrumentos e gostar da música local.

Um vídeo com o grupo 7 Unidos

Agora,deve ter abraçado Seu Ditinho do Pandeiro falecido há 7 meses; a cantoria pra o Senhor Jesus agora é ao vivo!

O cateretê hoje vai longe na eternidade!

sábado, 18 de setembro de 2021

ESTUDOS DE ARQUITETURA HISTÓRICA POR PERÍODO

 Desenhos meus dos anos 1990,ainda adolescente.

Com as pesquisas de minha ancestralidade , o conhecimento das formas de viver e morar brasileiros foi se aprofundando em detalhes técnicos, porém, a convivência com prédios antigos, monumentos erigidos por gerações e a arquitetura colonial e imperial, ainda que em resquícios esparsados, me levou naturalmente a ter essa memória viva.

Os números em sequência representam
 fases da história e elementos estruturais e artísticos reais.

Mesmo tendo  minha infância e adolescência já encontrado um Centro antigo de Angra dos Reis deformado e favelizado, em plenas ruas nobres...

Com tetravós caiçaras de um lado com seus 250 anos e de outro lado,  bisavós que foram tropeiros arrieiros experientes das serras... a informação oficial, universitária veio a completar essa genotipia!

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

🖤NOTA DE PESAR: FALECE O PESQUISADOR DOS CAMINHOS ANTIGOS, CIMAR PINHEIRO



Recebemos pelo  Carlos Rogério, Cagerio, de Mambucaba, a notícia nesta quinta-feira (16/09) do falecimento do nosso amigo Francimar Carlos Pinheiro, nosso Cimar.

Saiba mais sobre Mambucaba

Pesquisador dos Caminhos históricos e poeta, esteve no convívio de Angra por longa data.




Fomos em 2016 prestigiar o lançamento do livro dele, Mambucaba, uma história.  

Clique aqui e descubra essa região!

Continuarei com a chama acessa pelos caminhos...



quinta-feira, 16 de setembro de 2021

CASA DE CULTURA DE ANGRA DOS REIS-RJ APRESENTA PROBLEMAS DE SEMI ABANDONO.

🔴

 PATRIMÔNIO URGENTE

🔴


⚠️ Notícia publicada e fotos nossas, de 2020...mas está só piorando. Estivemos em agosto de 2021 e continua.


1-Uma vergonha o péssimo tratamento na gestão e estrutural, que a Secretaria de Cultura dá ao espaço cultural da Casa.

Não é somente atual, se arrasta há 20 anos!

❗Veja: Beiral desaba e quase atinge pedestres

São tomadas sem o espelho (tampa), com risco a crianças e curto-circuitos, piso de tábua corrida em situação vexatória, com imundície e restos de camadas de várias ceras e tintas, todo arranhado, telhado com musgo e arbustos que com suas raízes penetram o reboco e as telhas, ocasionando vazamentos, paredes descascadas e caindo, falta até papel higiênico para os funcionários; ar condicionado precário com instalações elétricas aparentes e penduradas... iluminação focal mal feita e inadequada, que mais atrapalham do que valorizando objeto exposto.

❗Acesse:Mais um caso , esse em 2017


2- Expositores/artistas reclamam:

Cobram 10% suspeitos de cada peça que ocasionalmente o artista que expõe venda, como se fosse um espaço de ateliê ou expositivo, privado, que sobrevive de expositores. A Casa tem dotação orçamentária pública anual no bojo do volume da Secretaria, para espaços culturais , vedada a cobrança de criatividade financeira , como as taxas de manutenção. 

Aliás, tem balancete dessas taxas, com valor, nome do contribuinte/expositor , destino final/onde foi investido o aporte e data?





3- Crime de prevaricação+hipocrisia+ e ignorância: o caldo perfeito para a extinção cultural de um povo:

Depois de décadas...essa é a situação de deboche com aquele patrimônio edificado. Eu sou o único e meu grupo que denunciamos tais coisas... e isso há mais de 25 anos!!!

🔸Artistas e artesãos? Só querem usar o espaço pra ganha uns minguados.

🔸Já o clube elitista de pseudo intelectuais desdentados? Hipocrisia pura.


🔸População? Ignora pq vive num redemoinho viciante diário (alienação +sobrevivência).

🔸Prefeitura?Burocratas populistas.

🔸Conselho Municipal de Cultura?Ou querem mantença de benesses pessoais na prefeitura ou parecem desconhecer a realidade...

🔸E você, leitor?

4-Uma esperança ou maquiagem?

Em 16 de setembro de 2021, a Prefeitura abriu Tomada de Preços para contratar uma empresa para o telhado, revestimentos e pintura, confirme documento abaixo:


O problema é que, conforme fotografias acima, há problemas sérios de elétrica e hidráulica, o que não está abrangido pelo descritivo do serviço a ser feito.



E essa "pintura" e "telhado" já foi feito outras vezes...e continuou o problema.


A Casa grita em silêncio...